Nova direção do Coleprecor propõe à Anamatra comunhão de esforços em defesa da Justiça e do Direito do Trabalho

O presidente da Anamatra, Guilherme Feliciano, recebeu na última terça-feira (9/1), na sede da entidade em Brasília, visita de cortesia dos novos dirigentes do Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor). O presidente do colegiado para o exercício de 2017/2018, desembargador Wilson Fernandes (presidente do TRT da 2ª Região – São Paulo), e o vice-presidente, desembargador Paulo Sérgio Pimenta (corregedor do TRT da 18ª Região – Goiás), discutiram o cenário de atuação conjunta das duas entidades,  especialmente à vista dos principais desafios comuns, como são a perda de unidade da carreira, a defasagem remuneratória, o quadro de estagnação estrutural e as ameaças à Justiça do Trabalho.

“A visão que eu tenho da Justiça do Trabalho, especialmente neste momento emblemático em que vivemos, é a de que precisamos de uma aproximação muito maior do Coleprecor com a Anamatra. Os tribunais, representados pelo colegiado, e o movimento associativo precisam estar unidos, pois só assim vamos conseguir, efetivamente, fortalecer e defender a Justiça e o Direito do Trabalho”, apontou Fernandes.

O vice-presidente do Coleprecor também enalteceu a importância de uma atuação mais coesa e próxima entre a Anamatra e o Coleprecor. “São duas instâncias que buscam o mesmo objetivo, alcançável somente com o fortalecimento da Justiça do Trabalho, principalmente neste momento em que ela está sendo alvo de tantos ataques infundados. É importante que estejamos alinhados e preparados para fazer uma boa defesa institucional da Justiça do Trabalho, bem como para superar todas as inseguranças e incertezas do período de transição com a implantação da reforma trabalhista”, declarou Pimenta.

Para presidente da Anamatra, Guilherme Feliciano, “o Coleprecor terá na Anamatra uma aliança fiel e pertinaz para tudo quanto interesse ao fortalecimento da Magistratura do Trabalho, ao engrandecimento da Justiça do Trabalho e à promoção da cidadania social. Temas que geralmente representam contextos de tensão no diálogo entre tribunais e associações, como, por exemplo, o da Resolução nº 2019 do CNJ, poderão sempre ser tratados com maior institucionalidade por meio deste canal dialógico que passaremos a estreitar”.

Acertou-se, ao fim da reunião, que a direção do Coleprecor falará ao Conselho de Representantes da Anamatra na reunião do mês de junho/2018. Já Feliciano provavelmente estará no Coleprecor, para dialogar com os presidentes e corregedores, no mês de abril/2018, em Natal (RN), ocasião na qual formalizará, a todos os Regionais, o convite para o 19º Conamat, a se realizar dos dias 2 a 5 de maio, em Belo Horizonte (MG).

Fonte: Anamatra