Nessa quinta-feira, 22/03, o TRT da 20ª Região promoveu o seu 25º Leilão Unificado, levando à hasta pública 160 lotes com os bens penhorados em diversos processos que tramitam na Justiça do Trabalho em Sergipe.

O juiz auxiliar da execução e coordenador de leilões, Antônio Francisco de Andrade, realizou a abertura do leilão dando boas-vindas aos participantes e esclarecendo algumas dúvidas dos interessados nos bens disponíveis para arremate.

“Nós temos algumas peculiaridades nesse leilão. Uma delas é que existe um grande número de bens removidos no depósito do leiloeiro. Por isso, tivemos um grande número de visitas ao depósito e quem esteve lá verificou o estado de conservação dos bens”, relatou Dr. Francisco.

Segundo o juiz auxiliar de execução, o leilão é uma boa oportunidade de fazer bons negócios, porém é importante que se tenha cautela. “É importante saber o que se está comprando. O índice que nós temos de problemas após o leilão é mínimo, porém, existe. E caso ocorra problemas o arreatante não fica com seu dinheiro preso, uma vez que o valor é devolvido de imediato. Esse é um dos fatores do aumento de credibilidade do nosso leilão”, disse.

Esta credibilidade do leilão e a real possibilidade da venda dos bens penhorados, fez com que alguns devedores procurassem o Juízo Auxiliar de Execução (JAE) para quitarem suas dívidas ou realizarem acordo. Em virtude dessa procura foram quitados 18 processos trabalhistas, resultando na retirada de 11 lotes que constavam no edital do 25º leilão Unificado e gerando uma arrecadação de aproximadamente 7 milhões de reais.

O leilão, que ocorreu de forma presencial e on-line, foi encerrado no início da tarde de hoje, arrecadando um total de R$ 3.902.370,65.

Fotos: Daniela Sampaio/Ascom

Av. Carlos Rodrigues da Cruz, s/nº - Capucho - CEP: 49081-015

Centro Administrativo Gov. Augusto Franco - Aracaju/SE

CNPJ 01.445.033/0001-08