Nesta segunda-feira, 07/01, a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20), desembargadora Vilma Leite Machado Amorim, deu posse coletiva aos novos gestores do Tribunal. A cerimônia contou com a presença de magistrados, servidores e familiares, que prestigiaram a equipe que atuará no biênio 2018/2020.

Antes de empossar os novos gestores, a desembargadora Vilma Amorim agradeceu a presença de todos e falou sobre os pontos principais de sua administração.

“Nosso objetivo principal nesta administração, neste biênio, é a atividade-fim do Tribunal. Nós temos que voltar nossos olhos, mais do que nunca, para a efetividade da prestação jurisdicional, para que ela continue sendo de excelência, e melhore a cada dia”, afirmou a presidente que também destacou outros pontos relevantes. “Outro fator importante é a austeridade dos gastos com o dinheiro público, pois temos que mostrar à sociedade que cada centavo gasto na Justiça do Trabalho e pela Justiça do Trabalho, vale a pena. Temos que estar muito atentos a todos os tipos de gastos. A transparência também é fundamental e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou algumas regras, às quais precisamos estar enquadrados”.

Em seu discurso, a presidente do TRT20, também pontuou questões como a automatização, a desburocratização de processos de trabalho e enfatizou acerca do acolhimento. “Não podemos esquecer que por trás de cada número de processo, cada atividade nossa, existe uma pessoa. Seja jurisdicionado, servidor ou magistrado. Desse modo, temos que marcar nossa gestão pelo acolhimento. Precisamos acolher os que nos procuram e os que estão conosco no dia a dia. A palavra de ordem é acolhimento, fazendo uso da alteridade, que é colocarmo-nos no lugar do outro”.

Ainda durante a cerimônia, a diretora-geral empossada, Mônica Barreto, falou sobre as diretrizes do biênio 2018/2020, nas quais deverão ser pautadas as ações, atividades e procedimentos institucionais do Tribunal. Algumas das diretrizes são: uso de dados estatísticos e informações para tomadas de decisões; adoção de práticas de racionalização e de melhoria da qualidade do gasto público; promoção de maior integração entre as áreas e incentivo de trabalho de equipe; adoção de política de equidade como expressão de cidadania e de dignidade humana; adoção de práticas de gestão sustentável; incentivo à cultura da confiança, da lealdade, empatia, resiliência e visão holística, entre outras.

A gestora também agradeceu a oportunidade de integrar a equipe e ressaltou estar ciente dos desafios. “Tenho plena consciência de quão desafiante será esta jornada, porque vivemos nesse momento, talvez, o mais difícil da Justiça do Trabalho e tenho consciência disso. Acredito que em equipe, em parceria, todos como o mesmo propósito, conseguiremos desempenhar nosso trabalho”.

Após assinaturas do Termo de Posse, a desembargadora presidente Vilma Amorim passou, então, a palavra para o desembargador Jorge Antônio Andrade Cardoso, que ressaltou a importância da Justiça do Trabalho e a necessidade de comprometimento de todos que a compõem, encerrando, por fim, a solenidade.

Gestores empossados:

-Jorge Luiz Inácio Oliveira - Assessor de gabinete do des. Jorge Antônio Andrade Cardoso
- Adriana Lima de Campos - Secretária-Geral da Presidência
- Wesley Max dos Santos Silva – Assessor da Secretaria-Geral da Presidência
- Mônica Oliveira Barreto – Diretora-geral
- Alessandra de Caldas Souza Marques – Secretária de Recurso de Revista
- Cybele Calado Franco – Secretária Judiciária
- Adriano Leão Venceslau – Assessor de Gestão Estratégica
- Annette Maciel Menezes Rivas – Assessora de Comunicação Social
- Ossianúbia Maria Carvalho de Alencar – Coordenadora de Apoio à Execução
- Tadeu Matos Henriques Nascimento – Coordenador da Coordenadoria de Apoio Administrativo
- Lília Rocha Souza Rodrigues Moiteiro – Assessora do gabinete do des. Thenisson Santana Dória

Fotos: Daniela Sampaio/Ascom

Av. Carlos Rodrigues da Cruz, s/nº - Capucho - CEP: 49081-015

Centro Administrativo Gov. Augusto Franco - Aracaju/SE

CNPJ 01.445.033/0001-08