Desde o início da manhã desta sexta-feira, 8/2, magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20) estão reunidos no Real Classic Hotel para o segundo dia da revisão anual do Planejamento Estratégico Participativo 2019.

O último dia do evento é marcado pelo compartilhamento de ideias e sugestões para enfrentar os desafios do TRT20 em 2019. Divididos em oito grupos, magistrados e servidores estão analisando os desafios expostos durante o PEP, entre eles: restrições orçamentárias, de pessoal e desburocratização dos processos judiciários e administrativos (Diretriz Nacional para o Poder Judiciário).

O assessor de Gestão Estratégica do TRT20, Adriano Leão Venceslau fez uma análise geral sobre o PEP 2019. “Nesses dois dias de evento tivemos a oportunidade, mais uma vez, através de um processo participativo com os gestores e os magistrados, de discutirmos os desafios que nos chegam para 2019. Desafios esses que são traduzidos a partir do XII Encontro do Poder Judiciário realizado no final de 2018, bem como as questões inerentes aos reflexos da Emenda Constitucional 95 que vai trazer, não só para o Poder Judiciário, mas para o serviço público como um todo, a questão do aumento orçamentário vinculado ao índice inflacionário”, explicou o assessor da AGE.

Ele também ressaltou a importância do PEP 2019 para o desenvolvimento das atividades durante o ano. “Estamos aproveitando esses dois dias para refletirmos as iniciativas que são possíveis e necessárias, mas dentro desse cenário de restrição orçamentária, restrição de pessoal e também para pensarmos, juntos, em medidas voltadas a uma diretriz nacional trazida pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, no sentido da desburocratização dos procedimentos judiciais. Então, a importância do evento reside justamente nesse núcleo e é uma oportunidade de compartilharmos boas práticas. Eu acredito que o grande desafio de todos nós seja mantermos nosso desempenho sem o comprometimento da qualidade de vida nesse cenário de restrições”, concluiu Adriano Venceslau.

Os resultados dos trabalhos em grupo do PEP 2019 serão consolidados em planilhas disponibilizadas pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), que fará o monitoramento trimestral desses dados. Em seguida, os resultados serão encaminhados ao Pleno do TRT20 para análise e deliberação.

 

 

Fotos: Catarina Gonçalves

Av. Carlos Rodrigues da Cruz, s/nº - Capucho - CEP: 49081-015

Centro Administrativo Gov. Augusto Franco - Aracaju/SE

CNPJ 01.445.033/0001-08