O ministro é o gestor nacional das políticas judiciárias de resolução adequada de disputas da Justiça do Trabalho.

O vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Renato de Lacerda Paiva, foi indicado para compor o grupo de trabalho instituído pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para coordenar o planejamento e o desenvolvimento de curso na modalidade a distância para capacitação de mediadores judiciais. O ministro é o gestor nacional das políticas judiciárias de resolução adequada de disputas da Justiça do Trabalho.

Grupo de trabalho

Na Portaria 139, assinada em 31/10, o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, afirma que o estímulo e o apoio aos tribunais na capacitação de mediadores judiciais é imprescindível ao tratamento adequado de conflitos de interesses. Assevera também que a educação a distância é a modalidade educacional com maior possibilidade de difundir conhecimentos em âmbito nacional e com menor custo operacional para os órgãos do Poder Judiciário.

O grupo, integrado por dois ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), dois conselheiros e dois juízes auxiliares do CNJ e por um desembargador, trabalhará durante um ano.

Fonte: TST

Av. Carlos Rodrigues da Cruz, s/nº - Capucho - CEP: 49081-015

Centro Administrativo Gov. Augusto Franco - Aracaju/SE

CNPJ 01.445.033/0001-08