Prêmio CNJ de Qualidade
Selo Sou 100% PJe
  • RSS
  • Youtube
  • E-mail
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Atuação da ministra Maria Cristina Peduzzi na liderança das instituições durante a pandemia de covid-19 foi fator preponderante para o destaque na premiação

TST e CSJT são finalistas no Prêmio de Inovação Judiciário Exponencial

A ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Maria Cristina Peduzzi é finalista no Prêmio de Inovação Judiciário Exponencial na categoria Liderança Exponencial. Essa categoria reconhece líderes com atitudes empreendedoras dentro das instituições e enfatiza a atuação da magistrada à frente do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) durante a pandemia da covid-19.

Ela concorre no segmento Conselhos e Tribunais Superiores ao lado do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, e do conselheiro Moacyr Rey Filho, do Conselho Nacional do Ministério Público.

Maria Cristina Peduzzi assumiu a Presidência do TST e do CSJT em fevereiro de 2020 e liderou, até o início de 2022, a Justiça do Trabalho em um momento desafiador, que colocou à prova a capacidade de construir soluções inovadoras e eficazes para garantir a continuidade e excelência no desempenho das atribuições institucionais.

“Embora difícil, o biênio revelou-se proveitoso. As adversidades foram muitas, porém com elas vieram oportunidades de descobrir novos caminhos para cumprir nossa missão institucional. A Justiça do Trabalho, em todos os níveis, mostrou resiliência e tranquilidade para encontrar soluções e superar obstáculos que se apresentaram”, destaca a magistrada.

Prêmio

A premiação será realizada em 25 de outubro, durante a 6ª edição do Congresso de Direito, Tecnologia e Inovação para o Ecossistema de Justiça (Expojud). Para votar, é necessário se cadastrar no site do evento, a partir do dia 23 de setembro.

Já a votação ocorrerá nos dias 24 e 25 de outubro de 2022, no mesmo link do cadastro.

O Prêmio de Inovação ainda conta com outras seis categorias: Inovação Tecnológica, Inovação na Gestão, Laboratórios de Inovação, Inovação Social, Executivo de Tecnologia e Executivo de Inovação.

O juiz do Trabalho Fabiano de Abreu Pfeilsticker, do TRT da 3ª Região (MG), atual coordenador nacional do Processo Judicial Eletrônico na Justiça do Trabalho (PJe-JT), também é finalista na premiação. Ele concorre no segmento Justiça do Trabalho pelo TST e CSJT.

(JS/TG)