Prêmio CNJ de Qualidade
Selo Sou 100% PJe
  • RSS
  • Youtube
  • E-mail
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Estão abertas as inscrições para o curso Inovação no Judiciário: governo como plataforma e dados abertos. Oferecida em formato on-line ao vivo, a formação é gratuita e explora as diferentes dimensões da inovação e transformação digital no governo, especificamente no Poder Judiciário. Interessados podem se inscrever no site até 3 de outubro, ou até que o limite de vagas seja atingido.

A formação é voltada para profissionais que trabalham com órgãos da administração pública, especialmente no Judiciário, e buscam desenvolver estratégias de governança digital. Dirige-se, ainda, a profissionais envolvidos com ambientes de transformação digital, como parques tecnológicos, startups, estudantes ou profissionais da área jurídica interessados no tema de Dados Abertos.

Serão abordados temas como: governo como plataforma, digitalização do Judiciário, e soluções e sistemas de marketplace. Além disso, serão apresentados exemplos concretos de utilização dos dados abertos para impulsionar empreendimentos públicos e privados, demonstrando como essas iniciativas são grandes oportunidades para melhorar a prestação de serviços públicos, além de gerar produtos e serviços inovadores com e para a sociedade.

Inscreva-se no curso

Aprenda com especialistas
A formação é composta por oito aulas, ministradas pelos especialistas Ana Carolina Benelli, Daniel Marques, Fabro Steibel, Janaina Costa, Rodrigo Marque e Thiago Ávila. O curso é oferecido pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) em parceria com o Programa Justiça 4.0, realizado pelo CNJ e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) para aprimorar o acesso ao Judiciário. O Justiça 4.0 tem apoio do Conselho da Justiça Federal, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

As aulas têm início em 3 de outubro pela plataforma interativa do ITS Rio, que será disponibilizada aos inscritos. Elas podem ser assistidas em computadores, tablets ou celulares com acesso à internet e ficarão gravadas para consulta por até seis meses.

Serão emitidos certificados de conclusão para aqueles que assistirem a 75% das aulas ao vivo, ou certificado de participação para aqueles que assistirem a todas as aulas gravadas até 15 dias após o final do curso. Os certificados contarão com carga horária de 24 horas, contando horas de aulas on-line e de acesso ao material complementar.


Fonte: Agência CNJ de Notícias