Selo Sou 100% PJe
  • RSS
  • Youtube
  • E-mail
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Sobre Márcio Garcez...

Márcio José Garcez Vieira (Márcio Garcez) nasceu em Aracaju, Sergipe (Brasil). É graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Sergipe e possui trinta anos de experiência profissional. Convidado para participar do XLV Encontro Cultural de Laranjeiras, em Janeiro de 2020, com duas exposições: “Lambe – Sujo x Caboclinhos” e “Ritos e Tradições”. Em 2019, realizou a exposição “Barco de Fogo”, na Câmara dos Deputados, como resultado da aprovação no edital nacional de ocupação do referido espaço. No mesmo ano, realizou em Aracaju a exposição “Lambe-Sujo X Caboclinhos”, no Corredor Cultural Wellington Santos “Irmão”, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe.

Em 2018 participou da exposição “Infância, Cultura e Tradição” no II Seminário Latino-Americano de Estudos em Cultura na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) em Foz do Iguaçu.

Em 2017, expôs “Barco de Fogo”, no mesmo Seminário, e no mês de novembro participou do Salão de Artes Visuais Jenner Augusto no 34º Festival de Artes de São Cristóvão (Sergipe). Também apresentou “Senhor dos Passos em Todos os Passos” no VII Festival do Brasil na Áustria, em Gmund.

Em 2015 realizou a exposição “Barco de Fogo” em Salamanca (Espanha), como resultado da aprovação na Convocatória para Residência Artística do Centro de Estudos Brasileiros – CEB, da Universidade de Salamanca. No mesmo ano o acervo foi exposto na Universidade de Viena (Áustria) e no Salão Consigo de Fotografia na cidade de São Paulo.

Em 2016, a convite da Diocese de Viena (Áustria), Garcez levou a mostra “Manifestações Culturais Sergipanas” para terras austríacas, antes exposta em 2015 na Biblioteca de Romanística da Universidade de Viena. Ainda em 2016 participou do Festival Cultural do Brasil em Viena, por meio da exposição coletiva “Brasil Autoral”. No mesmo ano fez parte da exposição coletiva realizada no Congresso Nacional de Fotografia do Vale do São Francisco: olhares e práticas, no Ateliê de Artes, na UNIVASF - Universidade do Vale do São Francisco, campus Juazeiro – Bahia.

Em outubro de 2014, participou do Brasilianisches Kulturfestival Wien (Festival Cultural do Brasil em Viena), com a exposição e lançamento do catálogo “Manifestações Culturais Sergipanas”, no Weltmuseum Wien. No mesmo mês, participou do Salon International D’Art Contemporain (Salão Internacional de Arte Contemporânea), no Carrousel du Louvre em Paris, com fotografias publicadas no Guide Biennal d’Art Contemporain – 2014/2015. Durante o evento, recebeu o "Diplôme D' Honneur" du Salon Professionnel d' Art Contemporain du Carrousel du Louvre. Atuou como Consultor da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República em Brasília entre os anos de 2014 e 2015. De setembro a novembro de 2014, realizou a exposição “Barco de Fogo”, na Sala Alcir Lacerda, Torre Malakoff (Recife/PE), resultado da premiação da 2ª Convocatória de Ocupação da Sala Alcir Lacerda da Secretaria de Cultura de Pernambuco & FUNDARPE, em 2013. Responsável pela assessoria fotográfica do Tribunal Regional do Trabalho em Sergipe.

Em 2013, teve o trabalho autoral “Lambe-Sujo X Caboclinhos” exposto no Museu da Gente Sergipana (SE),no 23º Festival de Inverno de Garanhuns (PE) e no Salão CONSIGO de Fotografia (SP). No mesmo ano, participou da exposição “Um Sentir sobre as Artes Visuais em Sergipe” e atuou como membro da Comissão de Avaliação de Projetos da FUNCULTURA em Recife (PE). Em agosto de 2013, também realizou a exposição “Retrospecto”, no Café da Gente (SE).

Em 2012, a exposição ‘Lambe Sujo x Caboclinhos’ esteve na Câmara dos Deputados do Distrito Federal e no Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília (UNB). No mesmo ano, teve importante participação na Exposição Internacional Fotográfica Itinerante “Hijas de La Tierra”, na Espanha, retratando a presença das mulheres do Movimento Sem Terra em Sergipe.

Em 2005, foi contemplado pelo BNB de Cultura com o projeto “Senhor dos Passos em Todos os Passos”, na categoria Catálogo Fotográfico. Em 2007, foi ganhador do 32º Prêmio Abril de Jornalismo, na categoria Educação. Entre maio e setembro do mesmo ano, foi responsável pela documentação fotográfica das unidades e projetos da Petrobras Unidade Sergipe-Alagoas. Possui fotos publicadas em diversas revistas da Editora Abril e Ática; em jornais como: O Globo, Folha de São Paulo (SP), Valor Econômico(SP), Zero Hora (RS), Correio Braziliense (DF), bem como em trabalhos de editoras como Companhia das Letras (SP), Trip (SP), Saraiva; nas revistas Isto é Gente, Veja e Época. Em Sergipe, prestou serviços para diferentes grupos empresariais. Atualmente desenvolve trabalhos para assessorias de Comunicação na área privada, política e pública. Atua também em diversos tipos de eventos e desenvolve trabalhos autorais em diferentes estilos.