Selo Sou 100% PJe
  • RSS
  • Youtube
  • E-mail
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Na manhã desta terça-feira, 23/6, a Desembargadora Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20), Vilma Leite Machado Amorim, realizou uma reunião por videoconferência para apresentação do Plano de Retomada Gradativa das atividades presenciais da instituição.

“Nosso objetivo primordial neste momento é dar continuidade às nossas atividades, isso de forma telepresencial, remota, à distância, mas já pensando em como se dará na prática o Plano de Retomada Gradativa. Por isso, é de extrema importância que esse projeto seja apresentado, discutido com as instituições que integram a Justiça do Trabalho em Sergipe, para que seja formatado da melhor forma e assim, quando tivermos a sinalização de que é chegado o momento de retomarmos as atividades presenciais, que isso ocorra de forma organizada, tranquila, garantindo, em primeiro lugar, a segurança e a saúde de todos, sejam magistrados, servidores, terceirizados, advogados ou partes envolvidas nos processos”, destacou a Desembargadora Presidente do TRT20.

As etapas do plano foram apresentadas pela Diretora Geral do TRT20, Mônica Barreto, aos presidentes e coordenadores da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 20ª Região (AMATRA XX), do Ministério Público do Trabalho (MPT-SE), da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe (OAB-SE), da Associação Sergipana de Advogados Trabalhistas (ASSAT), da Associação dos Servidores da Justiça do Trabalho (ASTRA), do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Sergipe e ao Assessor Jurídico do Município de Aracaju. “Nós contamos com o apoio de diversos gestores do Tribunal na elaboração do plano, de diversas áreas, a exemplo dos setores de saúde, segurança, engenharia, gestão de pessoas, tecnologia, gestão e comunicação, para que pudéssemos contemplar todos os aspectos neste projeto de retomada gradativa”, disse Mônica Barreto.

“Esse plano de retomada será feito por todos os Regionais e acredito que o nosso esteja tomando a iniciativa correta, com a participação da Saúde do Estado e do Município de Aracaju. Essa assistência é fundamental para dar um balizamento ao nosso trabalho, no sentido de retomada gradual das atividades presenciais”, afirmou a Desembargadora Rita de Cássia Pinheiro, presidente da AMATRA XX.

“Essa iniciativa de pensar em um plano de retomada e apresentá-lo às instituições é muito importante, já que estamos todos envolvidos neste processo, o qual, quando for colocado em prática, deve estar em conformidade com as necessidades das instituições que integram a Justiça do Trabalho”, ressaltou Alexandre Alvarenga, Procurador-chefe do MPT-SE.

“Classifico como mais uma reunião importante, pois o plano de retomada das atividades envolve magistrados, servidores, advogados, as partes e o Ministério Público do Trabalho. Nós, que integramos a Justiça, estamos fazendo a nossa parte ao incentivar o cumprimento do isolamento social e a realização do teletrabalho, desde a primeira orientação das autoridades de saúde. Destaco que essa minuta do plano que nos foi apresentada, é irretocável. Parabenizo a equipe responsável pela elaboração do plano de retomada, pensado de forma a garantir a segurança e a saúde de todos”, enfatizou Inácio Krauss, presidente da OAB Sergipe.

A reunião também contou com a participação de autoridades da área da saúde, como a Secretária Municipal da Saúde de Aracaju, Waneska Barbosa, o Diretor de Vigilância e Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Marco Aurélio Góis, e da médica infectologista Fabrizia Matos, da Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju.

“É importante que neste momento comecemos a discutir essa retomada, a qual se dará de forma responsável, pois vivenciaremos um novo normal, e para nós da área da saúde é uma satisfação poder colaborar com nossos conhecimentos para a formatação final deste plano de retomada da instituição”, ressaltou Marco Aurélio Góis, Diretor de Vigilância e Saúde da Secretaria de Estado da Saúde.

“Nós, enquanto Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju, nos disponibilizamos a dar todo o suporte e orientação necessários ao TRT20, para que possamos retomar nossas atividades sempre baseados nas análises do cenário atual em que estamos vivendo. Essa abordagem é necessária para que possamos avançar nos momentos em que isso será possível e retroagir caso haja necessidade nesta retomada gradativa”, disse Waneska Barboza, Secretária Municipal da Saúde.

2020 06 23 retomada gradativa 01

 

ASCOM/TRT20